Assinar Newsletter

Receba novidades, artigos e dicas especiais.

Aprenda como conciliar a carreira freelancer e sua pós-graduação

Depois de muito considerar os prós e contras, você finalmente resolveu investir em uma pós-graduação. Chegou à conclusão de que a especialização seria importante para o seu desenvolvimento profissional e traria boas oportunidades para sua carreira.

Muitas pessoas passam pelo mesmo processo, seja em busca de novas possibilidades e mais espaço no mercado de trabalho ou para conseguir se aprofundar na profissão que amam.

Completar o curso exige tempo e dedicação, e a maioria das pessoas têm, no mínimo, mais um fator importante a levar em conta no dia a dia: a renda familiar.

Nesse caso, o trabalho como freelancer é uma das melhores alternativas, mas pode assustar a princípio. Quer saber como é possível complementar a renda sem perder o foco na pós?

Veja agora o que você precisa para conciliar carreira freelancer e pós-graduação!

O desafio: conseguir uma grana extra

Quando se fala em ganhar dinheiro, a maioria das pessoas pensa logo em um emprego por tempo integral. Mas, trabalhar o dia todo e fazer uma pós pode ser muito desgastante, a ponto de afetar a sua saúde.

Além disso, muitos se planejam para dar esse passo, de forma que não precisam de um salário como teriam normalmente em uma empresa, e sim de uma grana extra para completar a renda familiar e não acabar com as economias.

Se a sua situação se encaixa nesse cenário, trabalhar por tempo integral com certeza não é a melhor opção para você. Mas, e a tal da grana extra, de onde tirar? É aí que entra a solução, que você vê a seguir.

A solução: trabalho freelancer

Existem muitas formas de complementar sua renda. Nós criamos um e-book (que você confere aqui) que traz nada menos que 23 opções viáveis para te ajudar nisso. Mas o trabalho como freelancer tem tudo para ser sua escolha favorita para alcançar esse objetivo.

Algumas das vantagens do trabalho freelancer que o tornam ideal para quem precisa estudar, são:

  • possibilidade de trabalhar de forma remota, o que economiza tempo e dinheiro;
  • flexibilidade de horários, que favorece a criação de uma agenda personalizada para não atrapalhar o descanso e os estudos;
  • volume de trabalho flexível, que permite a você determinar quanto dinheiro precisa e trabalhar apenas o suficiente para conseguir o montante específico.

E quais são as opções de trabalho freelancer que você pode encontrar? Existem várias, mas uma área que merece destaque é o marketing digital ou, mais precisamente, o marketing de conteúdo.

Nunca se produziu tanto conteúdo para a web como hoje, e a demanda por freelas acompanhou esse movimento. As principais modalidades disponíveis para quem trabalha com marketing de conteúdo são:

Redação

Só no Brasil, 71% das empresas já investem em marketing de conteúdo de forma regular. Isso inclui, entre outras coisas:

  • blogs corporativos;
  • vídeos;
  • estratégias de conteúdo nas redes sociais;
  • fluxos de nutrição por e-mail.

Tudo isso exige profissionais qualificados para escrever todo o conteúdo que chega até o público e o move a agir. Assim, a demanda por redatores freelancers é enorme.

Se você gosta de escrever e aprender assuntos novos, é provável que se dê bem como redator freelancer. O que não falta é conteúdo online para te ensinar a escrever bem.

Revisão

Antes de publicar qualquer conteúdo, é importante revisar tudo o que foi feito, para evitar que o material chegue aos leitores com erros de gramática, informações repetitivas demais ou até dados errados.

E se há muita gente produzindo conteúdo, também é preciso de uma boa quantidade de revisores qualificados no mercado. O papel do revisor é tão importante quanto do redator, pois ele assegura que a qualidade do material seja mantida.

Se você prefere ler do que escrever, tem olhar atento para detalhes e senso crítico para julgar conteúdo de qualidade a nível profissional, deve se dedicar às revisões.

Planejamento de pautas

Um conteúdo de qualidade depende, em parte, de uma pauta completa e que dê atenção à persona. Com o treinamento adequado, você pode trabalhar logo no início da cadeia de produção de conteúdo, oferecendo a direção necessária para que os redatores criem material de qualidade.

O planejamento de pautas faz sentido caso você goste de fazer pesquisas e consiga sintetizar com clareza o que um texto precisa ter para atingir o público certo.

Tradução

Você fala outro idioma? Então, tem uma habilidade valiosa que pode usar para completar sua renda. Empresas do Brasil e de outros países constantemente precisam de tradutores para seus conteúdos e documentos.

Para quem domina uma língua estrangeira, esse tipo de trabalho pode ser simples e sem segredos, ao passo que representa uma fonte de renda recorrente e confiável.

5 dicas para conciliar carreira freelancer e pós-graduação

Depois de escolher a melhor modalidade de trabalho para você, de acordo com seu gosto e habilidades, ainda existem alguns passos necessários para garantir que nem o novo trabalho nem a pós-graduação sofram.

Pensando nisso, listamos 5 dicas práticas que vão ajudar você a conciliar carreira freelancer e pós-graduação:

1. Estabeleça uma rotina

A falta de organização é sua maior inimiga na missão de conciliar as duas jornadas, da pós-graduação e da carreira freelancer, mas estabelecer uma rotina é o primeiro passo nesse sentido. Programe suas atividades mais importantes para cada dia da semana, se possível de forma fixa.

Saber o que precisa ser feito em cada dia da semana torna mais difícil se distrair com outras atividades (como aquela série da Netflix esperando por uma maratona), e se concentrar nas prioridades certas.

Existem até apps úteis que você pode usar para facilitar o controle da agenda, como o Google Calendar e o Trello. O que importa é criar um modelo de organização que funcione para você.

2. Crie processos

Além de ter uma rotina, com as tarefas estabelecidas, é importante que você crie processos para cuidar das tarefas mais importantes. Isso vai fazer com que você ganhe tempo e trabalhe de forma mais eficiente.

Por exemplo, se decidir trabalhar como redator, não basta escrever de qualquer maneira. O mesmo conteúdo pode ser feito em períodos de tempo muito diferentes, dependendo do seu processo de produção.

Na hora de estudar, o método usado também faz muita diferença para determinar tanto a quantidade de informação que você é capaz de absorver quanto o tempo que levará nisso.

Vale a pena testar métodos e técnicas de produtividade adotados por especialistas, mas também é válido fazer seus próprios testes e ver o que funciona melhor no seu caso.

3. Tenha metas claras

O que você pretende alcançar com seu trabalho de freelancer? Determinar um valor semanal ou mensal em dinheiro pode ser uma boa meta para mantê-lo focado.

Além disso, considere algum alvo além do dinheiro, como dominar uma habilidade específica ou aprender mais sobre certa área de conhecimento.

No que se refere ao curso, o alvo principal é muito claro e você já terá trabalhos e provas para se preparar. Ainda assim, nada impede que você estabeleça metas pessoais para seus estudos e pesquisas. Por que fazer isso?

Ter um objetivo para correr atrás é uma das melhores maneiras de manter o foco, principalmente quando a rotina estiver apertada ou você quiser desistir.

4. Tire tempo suficiente para descansar

Conciliar uma jornada de estudante e uma de profissional não é fácil, mesmo que o trabalho como freelancer ofereça maior flexibilidade. Aliás, isso pode até se tornar uma armadilha, se você não tomar cuidado.

Se os negócios começarem a ir bem na carreira freelancer e sua produtividade estiver alta, é fácil deixar de lado o tempo de descanso para fazer mais um projeto e aumentar um pouco a receita.

Não se esqueça que sem o devido tempo de descanso, não vai demorar até que suas notas e a qualidade do seu trabalho sofram. Por isso, não se prive de tempo suficiente para descansar e se divertir, essas atividades serão essenciais para que se mantenha firme.

5. Otimize seu tempo de estudo

Pode parecer estranho, mas você precisa aprender a aprender. O que isso quer dizer, afinal? Que o seu método de estudo e aprendizado atual pode não ser bom o suficiente para conciliar trabalho freela e pós-graduação.

Existem métodos muito eficientes que podem ajudar você a aprender mais rápido sobre qualquer assunto. Pensando bem, isso é útil tanto para a pós quanto para as pesquisas que terá de fazer como freela para entregar serviços que não conhece tão bem.

Além disso, outras formas de otimizar seu tempo de estudo são:

  • aproveitar horários de ócio para aprender (enquanto estiver transporte público, filas de banco, intervalos entre uma aula e outra, etc.);
  • consumir conteúdo resumido de fontes confiáveis (como o app 12Min e o serviço de conteúdo por assinatura AAA, por exemplo).

Conciliar carreira freelancer e pós-graduação envolve disciplina e esforço, mas é a melhor opção para que a sua renda continue estável enquanto se prepara para uma carreira de maior sucesso. E o mais importante, você fará isso sem comprometer sua saúde ou o tempo com a família.

dimitriv
Autor
dimitriv
Engenheiro eletricista de formação, analista de Marketing Digital na Rock Content e editor-chefe do blog Comunidade Rock Content.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: