Assinar Newsletter

Receba novidades, artigos e dicas especiais.

Segurança digital: o que um freelancer precisa saber?

Talvez você não tenha se dado conta, mas em uma vida freela é muito provável que você passe mais tempo com seu laptop do que com qualquer pessoa que você ame. Além de usar o equipamento para trabalhar, seu laptop te acompanha naquele filminho de sábado à noite que você já fez o download e também te ajuda a encontrar uma receita diferentona para um jantar especial no final de semana.

Para a maior parte dos freelas dessa era digital, o próprio laptop armazena uma vida. No entanto, curiosamente, a maioria de nós acaba adiando aquele back up importante, ou mesmo, deixa de atualizar a última versão do antivírus. Ou seja, a segurança digital é algo que quase sempre fica em segundo plano na agenda de muito freelancer.

Mas, quando menos se espera, todos os seus dados e arquivos são sumariamente destruídos por algum malware. E não se sinta surpreendido caso sua máquina seja invadida por um ataque de hackers, ou sem querer, você acabe baixando um software malicioso. Se você algum dia já passou por isso, sabe do que estamos falando. E provavelmente você não goste nem de lembrar daquelas lágrimas escorrendo sobre os teclados.

Mas 2017 está aí para você fazer diferente! Então, confira algumas dicas básicas de segurança digital que separamos para você cuidar dos seus arquivos com mais carinho e atenção neste ano! Muito além do antivírus, saiba mais algumas medidas importantes que podem manter seus dados a salvo e você muito mais tranquilo!

Dados na nuvem: abrace essa ideia!

Já se foi o tempo em que era preciso investir em um HD externo para ter todos os seus dados sãos e salvos. Com a tecnologia do armazenamento de dados na nuvem, o chamado cloud computing, já é possível guardar garantir a segurança digital de todos os todos os seus dados em um arquivo virtual.

O Google Drive e o DropBox costumam ser os mais conhecidos. Mas ainda existem o SkyDrive, Unbutu One, Sugar Sync. Alguns dos serviços costuma oferecer uma faixa de armazenamento gratuita, outras possibilitam a utilização por alguns meses grátis. Dependendo do tipo de laptop que você possui ou do sistema utilizado, alguns serviços de armazenamento na nuvem podem ser mais vantajosos do que outros.

De toda forma, eles são uma facilidade para todos os freelas que podem ficar mais tranquilos com relação ao armazenamento e segurança digital de seus dados.

Utilize a criptografia

Você provavelmente não realiza o back up dos seus arquivos e dados porque isso leva um certo tempo e, quase sempre, consome uma parte do seu dia útil de trabalho, não é mesmo? Para quem evita ao máximo os back ups da máquina, uma boa dica é utilizar a criptografia para proteger os dados.

A criptografia é uma espécie de blindagem dos dados que impede que eles sejam acessados por terceiros não autorizados.

Se você não sabe como criptografar seus dados de Windows ou mesmo Mac, os próprios softwares contam com ferramentas específicas que fazem isso, sem que haja a necessidade de adquirir nenhum outro software.

Ferramentas como o BitLocker é ideal para criptografar unidades que vão desde pen drives até HD’s externos.

Para esconder arquivos de potenciais invasores também é possível usar ferramentas como o Secret Disk, My Lockbox e Free Hide Folder.

Não deixe rastros, ou, use o HTTP e VPN

Quantas vezes você não pegou seu laptop e foi trabalhar em um café tranquilo só para dar um tempo do home office? Muitas vezes, não é mesmo? Porém, muitos freelas não sabem que trabalhando em um wi-fi aberto, eles estão em um ambiente bastante vulnerável em termos de segurança digital. Por isso, é preciso prestar a atenção quando estiver trabalhando nessas condições.

Primeiramente, ao navegar certifique-se de que a URL pela qual você está navegando é segura. Os sites que contém o https:// em vez de http:// já contam com o protocolo de segurança do próprio site. Isso significa que você não precisa fazer download de nenhum programa ou mesmo se preocupar ao navegar e fazer operações nesse tipo de site.

Outra ferramenta bem útil para a segurança digital, especialmente durante a navegação é o VPN (Virtual Private Network). Esse tipo de serviço permite que você enviar e receber dados em um ambiente público, como se estivesse navegando em um ambiente privado. Muitos desses serviços são gratuitos e possibilitam que você use o wi-fi aberto sem deixar rastros para que ataques aconteçam. Alguns deles você pode acessar aqui ou aqui.

Obviamente nenhuma dessas ferramentas faz mágica, mas são uma proteção a mais para quem tem dados importantes armazenados no laptop.

Reforce suas senhas

Senha óbvias também são uma porta de entrada para hackers e terceiros indesejados. Pode acreditar, com o simples acesso à sua conta de e-mail é muito possível que um invasor chegue a outros dados importantes como números de cartão de crédito, senhas de banco, entre outros dados. Por isso, é fundamental que suas senhas sejam pouco óbvias e o mais seguras possível.

De forma geral, prefira sempre construir senhas que levem letras, números e símbolos, tornando a combinação mais difícil de ser descoberta.

Se está faltando criatividade para fazer uma boa senha, você pode pedir uma ajudinha dos softwares, como esse aqui. E se você não tem lá muita certeza se a sua senha é segura ou não, confere esse site aqui, bem bacana para medir isso.

E se o seu problema é lembrar a senha, não se preocupe, não é preciso reforçar a dose de ginko biloba! Alguns programas como esse aqui e esse aqui podem dar aquela ajuda para você não esquecer.

Assim como organização e produtividade são essenciais na vida de um freela, garantir a segurança digital dos seus arquivos e dados também evita muita dor de cabeça, gastos com técnicos e dias de trabalho perdidos pela falta do seu amado laptop.


Curtiu esse post? Você usa alguma ferramenta de segurança digital? Conta para nós aí nos comentários!

Helga Bevilacqua
Formada em Direito, deixou todas as leis para trás para se dedicar ao que ama: escrever. É copywriter e redatora desde 2013 e vive uma vida freela pingando por alguns lugares do mundo, com um laptop embaixo do braço e uma bicicleta no meio disso tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: