Assinar Newsletter

Receba novidades, artigos e dicas especiais.

8 filmes para freelancers que você precisa assistir

O que você costuma fazer durante o seu tempo livre? Não vai dizer que fica sentado na frente do computador… trabalhando! É verdade que, sendo freela, às vezes é bem difícil se desligar do trabalho – mesmo no período em que deveríamos estar “de boas”. Mas, que tal unir as duas coisas e dar uma relaxada vendo algo que possa, de algum modo, ser interessante para a sua carreira? Vamos te ajudar com uma lista de 8 filmes para freelancers!

 

Você já deve ter visto por aí elencos de “filmes que todo empreendedor deve assistir”, “filmes para advogados”, “filmes que todo cineasta deveria assistir” e assim por diante. Enfim, a internet tem infinitas listas com dicas cinematográficas que podem ser úteis para determinadas pessoas.

 

Pois, sendo assim, o Vivendo de Freela também resolveu entrar nessa onda com uma seleção de 8 filmes para freelancers. Certamente, os cinéfilos irão adorar (e já devem conhecer alguns títulos), e quem não é tão chegado em cinema vai fazer boas descobertas.

 

Veja a lista com 8 filmes para freelancers

 

Então, vamos ao que interessa: a lista dos 8 filmes para freelancers que preparamos reúne títulos de épocas e gêneros distintos e com temáticas diferentes entre si. No entanto, são obras que, de alguma forma, podem ser inspiradoras ou trazer algum tipo de identificação ou de aprendizado para a carreira – e para a vida – de quem trabalha como freela. Dá uma olhadinha nas dicas!

 

1. O Abutre (Nightcrawler, 2014)

 

“O jovem Louis Bloom Lima encontra dificuldades para conseguir um emprego formal”. Não há dúvidas de que muita gente já vai se identificar com a primeira frase da sinopse deste filme, né? Porém, é melhor que você não se identifique com o resto da história. Desesperado por não encontrar trabalho, o rapaz se “afunda” no jornalismo policial e passa a gravar cenas horríveis (às vezes alteradas por ele) para tabloides sensacionalistas.

 

O jovem acaba se tornando uma espécie de abutre mesmo, e o trabalho passa a consumir o resto da sua vida. O filme pode trazer boas reflexões sobre limites profissionais, competitividade e ética.

 

2. Philomena (2014)

 

Após ser demitido como conselheiro do governo, o jornalista político Martin Sixsmith se depara com uma inesperada oportunidade de contar a história de uma mãe em busca de um filho 50 anos depois de dar a luz. No início, ele não se interessa pela proposta, mas, aos poucos, o conteúdo da história vai se tornando cada vez mais estimulante, tanto profissionalmente quanto pessoalmente.

 

A questão que fica desse filme é aquela famosa frase: “há males que vêm para o bem”. Perder o emprego pode ser uma ótima chance para investir em uma carreira como freelancer, viver novas experiências como profissional e, quem sabe, até evoluir como ser humano.

 

3. Quase famosos (Almost Famous, 2000)

 

É fato que, sendo freelancer, muitas vezes você acaba tendo que aceitar alguns jobs que não são exatamente maravilhosos. Mas, fazer o quê? Precisamos pagar as contas… Bom, mas todo o freela, com certeza, sonha em um dia pegar um trampo muuuito legal, do qual ele irá se orgulhar para o resto da vida, né?

 

É isso que acontece com o jovem William no filme Quase Famosos: o garoto consegue inesperadamente um trabalho para escrever para a revista Rolling Stone. O desafio consiste em nada menos do que fazer a cobertura da turnê de uma banda da qual ele é fã. A trama se passa nos Estados Unidos dos anos 70, portanto, você pode imaginar qual é o cenário. Além disso, o elenco é bom e a obra ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original em 2001. Ah, e ela foi baseada em uma história real!

 

4. Sideways (2004)

 

Sideways fala sobre aquelas mudanças de rumo que acontecem quando uma porta se fecha em nossas vidas. Ele conta a história de Miles, um professor que tem a publicação de seus livros rejeitada mais uma vez por um editor. Frustrado, ele convida o amigo Jack, também de meia-idade, para fazer uma viagem pelos vinhedos da Califórnia. A viagem, como era de se esperar, reserva grandes surpresas.

 

Você já pensou sobre como lida com os fracassos ou rejeições na carreira? Quem nunca passou, como freela, por uma situação de e-mails ignorados, telefonemas não atendidos? Pois é, e você conseguiu superar, não é mesmo? Não dá para esquecer que as novas oportunidades estão sempre “logo ali”!

 

5. Julie & Julia (2009)

 

Este também é um dos filmes para freelancers que tem como protagonista um freelancer – no caso “uma”. Frustrada com a sua vida profissional, Julie Powell, uma jovem de 30 anos, decide largar tudo e passar um ano cozinhando as 524 receitas do livro de Julia Child (que viveu na França nos anos 40). Julie conta a experiência em um blog e depois acaba publicando dois livros sobre isso.

 

A história pode não parecer tão empolgante, mas o filme vale a pena. É uma boa lembrança sobre o fato de que devemos nos afastar da zona de conforto. Isso inclui deixar carreiras frustrantes para trás, investir no que gostamos e testar nossos limites – pode dar certo!

 

6. Medianeras (2011)

 

Tinha que ter um filme fofo na lista, né? Medianeras é um filme argentino que conta a história de Martín e Mariana – dois freelancers: ele webdesigner e ela estilista. Para quem faz home office, vai ser impossível não se identificar com a solidão vivida pelos dois personagens. De quebra, o longa ainda provoca uma boa reflexão sobre a modernidade e a era virtual.

 

7. Diário de um jornalista bêbado (The Rum Diary, 2011)

 

As dicas dos filmes para freelancers também tem um pouco de descontração. Diário de um jornalista bêbado é baseado em um romance de Hunter S. Thompson, um dos criadores do jornalismo gonzo.

 

Ele conta a história de Paul Kemp, um jornalista de Nova York que vai morar em Porto Rico para trabalhar em um jornal local. A nova vida é regada a muito rum até que Kemp é recrutado para escrever um artigo favorável sobre um corrupto empresário da cidade. Nesse momento, o profissional se vê em um conflito entre ajudar o empreendedor ou denunciá-lo e arcar com as consequências que isso teria.

 

8. O Lobo de Wall Street (The Wolf Of Wall Street, 2013)

 

O Lobo de Wall Street quase ficou de fora do elenco dos 8 filmes para freelancers. Mas, pensando bem, entre tantas lições que ele traz, uma pode ser interessante para quem trabalha por conta: um pouquinho de ambição certamente ajuda a chegar mais longe.

 

O filme conta a trajetória de Jordan Belfort. Após trabalhar duro em uma corretora de Wall Street que colapsa e ver a sua carreira indo por água abaixo, ele tem uma ideia que o transforma em milionário. A partir daí, Belfort faz muito, mas muito dinheiro, porém, é a sua vida que termina por entrar em colapso e ele acaba sendo punido por fazer negócios ilegais.

 

Já se acomodou e preparou a pipoca?

E aí, o que você achou da lista dos 8 filmes para empreendedores? Já conhecia alguns deles? Tem mais títulos para incluir nesse elenco? Pode colocar aqui embaixo nos comentários!

Bom, e depois de todas essas super dicas, já pode preparar a pipoca, se acomodar e dar o play. Bom filme!


Lembrando que estamos também no nosso canal no YouTube, com vídeos novinhos sobre a vida de freela. Assina lá para não perder nenhum conteúdo. Também marcamos presença no Facebook, Instagram e LinkedIn. Nesses canais, compartilhamos muitas dicas para ter mais sucesso como freelancer e também para aproveitar todos os benefícios da carreira independente. É claro, também respondemos dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post 😃 

Jaqueline Crestani
Formada em jornalismo, trabalha com produção de conteúdo para sites e blogs e com tradução de italiano. Depois de morar mais de três anos no país da "bella vita", descobriu que, além de escrever, também ama traduzir e cozinhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: