Assinar Newsletter

Receba novidades, artigos e dicas especiais.

Dicas fora da caixa para estimular a criatividade

Para começar, a criatividade deveria ser entendida como um fator para a vida, não somente para os comunicadores. Mas, tudo bem, segue o baile. O famigerado “pensar fora da caixa” continua sendo um grande fator para alcançar o sucesso e, vale ressaltar, não adiantar apenas pensar fora dela, mas saber utilizá-la e o principal, claro, saber como estimular a criatividade. Não fazer isso é o mesmo que ter uma ferramenta e não saber usar.

 

A busca constante para ser criativo

 

Muitas vezes, estamos tão imersos em uma tentativa de encontrar a ideia perfeita ou a solução para um problema e nem percebemos que precisamos dar uma pausa para voltar ao que considero ser o início de tudo: a pesquisa.
Pensando nisso, decidi compartilhar algumas ações que ajudam e muito a estimular a criatividade ou, até mesmo, a elevar a sua percepção sobre o que está sendo feito/ pensando ou executado.

 

estimular a criatividade

A criatividade como chave

 

Para os comunicadores e freelancers, uma boa ideia é fundamental. Oferecimento 51, uma boa ideia. Depois desse mini merchan, voltemos ao que interessa.

 

No mundo cada vez mais competitivo, a criatividade virou uma chave que pode abrir portas para a criação de uma startup, campanha premiada internacionalmente, para uma mudança de vida ou de pensamento.

 

O conhecimento aliado à criatividade pode mudar qualquer coisa, portanto, muito mais que ideias que possam te ajudar no trabalho, você lerá aqui ideias que te ajudarão na vida!

 

1.Pergunte a opinião a pessoas próximas

 

Muitas vezes, a senhora da limpeza, o porteiro, seu chefe ou alguém aleatório na rua (tá, essa chance é a menos provável que você faça) pode te dar uma ideia do que as pessoas esperam ou do que chamaria a atenção delas para aquela peça. Ter um repertório de opiniões diferentes pode ser uma forma de você filtrar as informações e estabelecer um equilíbrio.

 

Não confunda essa dica com as pesquisas, se trata mais de ter repertório do que dados para análise.

 

2. Folheie uma revista ou jornal

 

Um olhar atento pode revelar uma palavra, imagem, layout que poderá te levar a uma ideia mais elaborada que você estava procurando. É uma dica tão simples, mas que as pessoas começaram a desvalorizar com o crescimento da web.

 

3.Faça uma malha léxica/mapa mental

 

Pegue uma folha durante o brainstorming e anote ideias, palavras… Mais tarde, isso pode te dar uma solução, assim como já disse Steve Johnson em De onde vêm as boas ideias, elas levam tempo para amadurecer. Se está em um job sobre uma concessionária por exemplo: anote palavras que tenham a ver com o assunto. Ex. carro, família, sedã, viagem, paisagem. Assim você estimula sua criatividade e chega a diferentes ideias.

 

4.Não menospreze as ideias

 

Brainstorming serve para vomitarmos ideias. Logo, menosprezar alguma pode travar alguém que estava tentando te ajudar. Por isso, procure direcionar para um fim, não cortar ou impedir uma ideia de ser dita.

 

5.Faça uma caminhada

 

Diariamente, andamos por lugares que parecem tão iguais por estar em nossa rotina que deixamos passar inúmeros detalhes, e nisso, perdemos a chance de estimular nossos sentidos fixando um olhar diferenciado para um muro grafitado, um detalhe na calçada, uma casa antiga e abandonada ou até mesmo um cidadão que está passando ao seu lado.

 

Ser criativo está além do óbvio, claro, e além de tudo que já foi dito, pois assim como a pirâmide de Maslow nos mostra, estamos sempre buscando algo a mais. E, nesse ponto, a criatividade se encaixa, há sempre uma nova forma de exercitá-la.

 

6.A criatividade em forma de arte

 

Esteja sempre acompanhado de uma playlist na hora de criar ou planejar, não esqueça de assistir a bons filmes, a alguns curtas, sair dos sites rotineiros e ver algumas obras de artes, ler livros, conhecer novos escritores.

 

A forma como nos expressamos está diretamente ligada à criatividade e cada pessoa que é atingida, seja lá por qual forma de arte, terá a sua percepção, será impactada de uma forma e isso lhe dará bagagem suficiente para poder liberar sua mente e ter novos pensamentos, ideias e assim se desbloquear criativamente falando.

 

7.Assista a canais de conteúdo

 

O YouTube está cheio de canais que podem nos ajudar a sermos mais criativos, curiosos e sedentos pelo conhecimento. Essa dica em especial merecia uma matéria exclusiva, mas já adianto a vocês algumas recomendações:

 

Quadro em Branco

 

Porta dos Fundos

 

TEDx Talks

 

 

Conseguiu (começar) a estimular a criatividade?

 

Este é meu primeiro artigo no Vivendo de Freela, espero que tenham gostado! É um imenso prazer fazer parte deste blog. Existem dezenas de dicas para estimular a criatividade, mas, ao longo dos meus quatro anos como comunicador, resolvi listar estas como as principais. Até porque não existe a melhor, sim a que vai mais lhe impactar, somos todos diferentes e buscando ser mais.

 


Lembrando que estamos também no nosso canal no YouTube, com vídeos novinhos sobre a vida de freela. Assina lá para não perder nenhum conteúdo. Também marcamos presença no Facebook, Instagram e LinkedIn. Nesses canais, compartilhamos muitas dicas para ter mais sucesso como freelancer e também para aproveitar todos os benefícios da carreira independente. É claro, também respondemos dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post 😃 

Arthur Peixoto
Inspirar, expirar e principalmente me expressar. Entusiasta da comunicação. Entre um texto e outro fazendo art.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: