Assinar Newsletter

Receba novidades, artigos e dicas especiais.

Minhas primeiras semanas como freelancer full time

Me tornei freelancer full time há pouco mais de duas semanas. Não sou mais CLT, abri mão do salário certinho chegando todos os meses na minha conta e de todos aqueles benefícios legais que as empresas oferecem… Estão curiosos para saber o que aconteceu na minha vida até agora?

Resolvi contar como foram meus primeiros dias como designer freelancer full time – um pouco diferentes de quando essa era apenas a atividade secundária na minha vida profissional…

Como sobrevivi à primeira semana de “férias”

Quando você transforma a atividade como freelancer em seu trabalho oficial, precisa aprender a ser uma pessoa muito focada para não se sabotar o tempo inteiro. Provavelmente você vai trabalhar a um passo da sua cama e, por este motivo, irá querer transformar aqueles 5 minutinhos em 2 horas a mais de sono, já esse era o tempo que perdia no trânsito para chegar ao escritório. Cuidado com isso!

dormir

Para mim, essas primeiras semanas estão sendo de adaptação e tem sido um pouco difícil seguir minhas própria regras, acordar sempre no mesmo horário, parar de trabalhar sempre no mesmo horário, fazer uma coisa de cada vez…

Todos aqueles planos de acordar as 7 da manhã, correr, voltar e ficar disposta para a maratona de trabalho do dia ainda não aconteceram. Para ser sincera, não sei se um dia acontecerá, pois descobri que funciono muito melhor após as 9 da manhã. Por isso, decidi que vou dormir mais tarde, acordar mais tarde e trabalhar também até mais tarde.

Nesse ponto, vale lembrar que as pessoas são diferentes. Se você é daqueles que funciona muito bem quando acorda com as galinhas, aproveite!

6 coisas que aprendi nessas primeiras semanas como freelancer full time

O ideal é acostumar seu corpo e seu cérebro ao seu dia a dia, definindo a hora de acordar, almoçar, tomar um café e parar de trabalhar. No começo é difícil, mas estou seguindo algumas regras que têm me ajudado a me reeducar a essa nova rotina. Veja os principais aprendizados que tive nessas primeiras semanas como freelancer full time.

home office

1. Não enrolar na cama depois de acordar

Nada de celular para ler as notícias, nem para olhar o que aconteceu no Facebook ou no WhatsApp: acorde e vá tomar seu banho e um café! Desta forma, você vence a tentação de ficar na cama e entra logo no ritmo que precisa para encarar os jobs do dia.

2. Não ficar de pijama

Por mais que você apenas vista uma roupa bem confortável e um lindo Crocs amarelo, é importante mudar de roupa e se arrumar para começar o dia. Não me perguntem o porquê, mas acreditem em mim: NADA DE PIJAMA O DIA INTEIRO!

3. Sem procrastinação

falamos aqui que esse negócio de se distrair com coisas aleatórias não vai te ajudar em nada na sua rotina como freelancer, então pare de procrastinar e foque nos jobs!

4. Sair de casa

Na primeira semana, trabalhei todos os dias em casa. Assim, não sabia nem se estava calor ou frio lá na rua – o que não é nada saudável! É preciso socializar, sair, botar a cara no sol, trabalhar em um coworking ou um café bacana… Mas ficar trancafiado em casa os 5 dias da semana não é legal!

Se gosta de companhia, chame os amigos que também são freelas para um dia de trabalho. Mesmo que as áreas de atuação sejam totalmente diferentes, sempre é bom trocar uma ideia!

5. Deixar claro que agora você trabalha da sua casa

Se você mora com outras pessoas, deixe bem claro que agora sua casa também é local de trabalho. É difícil eles entenderem que você tem uma nova rotina e que aquela faxina bacana ficará para o final de semana, do mesmo jeito que sempre foi. Não é porque você está trabalhando em casa que suas responsabilidades serão diferentes das funções do escritório, estabeleça seus limites!

6. Fique de olho no seu tempo!

Nos primeiros dias, eu começava a trabalhar às 10 da manhã, parava lá pelas 19h, retomava à partir das 22h e ficava até às 2 da manhã no computador. Percebi que essa rotina não era um bom negócio, então comecei a me organizar melhor, a priorizar as demandas e a dividir meu tempo entre os meus clientes e projetos pessoais. É claro que em alguns dias eu ainda preciso ficar até a madrugada trabalhando, mas sei que essa rotina não é nada saudável!

Sem pressa e sem pressão!

avaliar

Um dos sentimentos mais comuns para quem dá os primeiros passos na vida de freelancer full time é ansiedade em entrar logo no ritmo para produzir mais. Por isso, meu aprendizado e dica bônus neste post é: tenha calma! Você teve anos para se acostumar ao modelo de trabalho de escritório, é natural que exista um tempo para se adaptar à nova rotina.

Enquanto isso, sem pressa e sem pressão, vamos aprendendo como realmente podemos ter um estilo de vida mais produtivo, respeitando nossas individualidades e o que a gente realmente gosta! 🙂


Você também está dando seus primeiros passos como freelancer full time? Compartilhe aqui nos comentários quais estão sendo seus maiores aprendizados neste novo modelo de carreira!


Lembrando que estamos também no nosso canal no YouTube, com vídeos novinhos sobre a vida de freela. Assina lá para não perder nenhum conteúdo. Também marcamos presença no Facebook, Instagram e LinkedIn. Nesses canais, compartilhamos muitas dicas para ter mais sucesso como freelancer e também para aproveitar todos os benefícios da carreira independente. É claro, também respondemos dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post 😃 

Natália Masiero
Paulistana, pisciana, curiosa e designer por formação, já trabalhou em vários lugares e conheceu um pouco de tudo, às vezes até se arrisca na fotografia, começou a se aventurar no mundo da programação há pouco tempo, gosta de viajar, de praia, de muitos livros, ilustração e de desenhos animados. Odeia leite e livros de autoajuda.

Comentários

1 Comentário
  1. postado por
    Krystel
    set 29, 2016 Reply

    Excelente post! Muitos que começam a adotar o trabalho freelance a full-time se esquecem que isso exige organização e alguma rotina. Cada pessoa é diferente, mas a organização é importante para que a produtividade se mantenha alta…e a rotina é organização.
    Como freelancer a full-time há mais de um ano, eu tento acordar sempre à mesma hora (09h30), tomar meu café da manhã, ler o feedly e notícias, tomar banho e só depois começar a trabalhar. Tento sempre ter duas horas na manhã só para mim, acho essencial, pois começo a trabalhar com todas as forças!

    Abraço e boa sorte nesta nova aventura!

    Krystel | Nomadismo Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: