Como contratar freelancer: dicas para encontrar os melhores profissionais

como contratar freelancer

Se estamos caminhando cada vez mais rápido para o futuro do trabalho, certamente os diferentes modelos de atuação profissional fazem parte disso. Junto a outras tendências, como Transformação Digital e Trabalho Remoto, novas maneiras de contratar e fazer a gestão de projetos permitem escalar operações e contar com talentos além dos limites do escritório.

Saber como contratar um freelancer, neste contexto, é uma oportunidade para que organizações encontrem prestação de serviço especializada e dentro de escopos em que não faria sentido contar com um profissional em tempo integral junto ao time. 

Se você está pensando em contar com um profissional independente em seus projetos ou já em busca do melhor parceiro, neste artigo vou compartilhar algumas práticas que aprendi estando dos dois lados do balcão, como freelancer e também como contratante.

Freelancer: quem é esse profissional?

Um ponto muito importante a ser esclarecido antes de iniciar a sua busca é entender quem de fato é um profissional freelancer. Afinal, este modelo ainda não é tão consolidado no Brasil, gerando dúvidas sobre modelo de trabalho e de contratação.

Freelancer é um profissional independente, que presta serviços especializados dentro da sua área de atuação (por exemplo, Design, Redação, Social Media, Marketing Digital, etc). O termo freelancer remete à liberdade que a pessoa que atua neste modelo tem para escolher projetos em forma de prestação de serviços, não se vinculando a um único empregador.

No Brasil, geralmente os profissionais independentes são cadastrados como autônomos ou possuem empresa aberta como MEI ou ME – podendo emitir nota fiscal e facilitando sua contratação.

É importante lembrar que o freelancer não deve trabalhar em modelo análogo ao CLT, como atalho para reduzir custos na contratação sem cumprir os direitos trabalhistas. Ou seja, é da escolha do profissional definir a carga horária e o local de realização do trabalho, em comum acordo com o contratante. Da mesma forma, não existe exclusividade deste profissional com o contratante, a menos que isso seja estabelecido em contrato e remunerado de acordo. 

Como encontrar freelancer?

E onde encontrar esses profissionais especializados para um projeto? Listo abaixo os caminhos mais comuns:

1.Plataformas de freelas

Existem muitos sites do Brasil e internacionais que fazem a ponte entre o freelancer e seu potencial cliente e você pode anunciar a sua demanda em um.

Particularmente, não recomendo, a não ser que busque um perfil muito específico. Esses sites costumam gerar um alto volume de candidatos e limitam muito a sua interação com eles. Além, é claro, de geralmente cobrarem por essa intermediação.

2. Indicações

Buscar recomendações é uma excelente forma de contratar freelancer – tanto para você quanto para o profissional. Pedir indicações em grupos de conhecidos, especialmente os que atuam no mesmo setor, pode ser uma maneira de encurtar o processo seletivo e otimizar seu tempo. 

3. Busca no Google ou LinkedIn

Muitos freelancers divulgam seus trabalhos em sites pessoais ou em seus perfis do LinkedIn. Isso é excelente para quem busca um profissional independente, afinal é possível encontrá-los a partir de buscas no Google ou no LinkedIn utilizando palavras-chave.

Ou seja, digamos que você esteja procurando um redator de conteúdo, se fizer pesquisas por “contratar redator freelancer”, certamente encontrará opções. 

4. Grupos no Facebook e LinkedIn

Existem diversos grupos nas redes sociais também dedicados a conectar freelancers com empresas que desejam contratá-los. Uma opção interessante para anunciar vagas e oportunidades.

O Vivendo de Freela tem grupos com este fim no Facebook e no LinkedIn!

5. Comunidades de freelancers, como o Vivendo de Freela

E não podia deixar de falar do próprio Vivendo de Freela nessa lista 🙂

Se você ainda não conhece, esse site é uma comunidade para desenvolvimento e conexão de freelancers, que também os permite divulgar seus serviços para pessoas e empresas interessadas em contratá-los.

Na página “Contratar Freelancer”, você pode encontrar freelancers em diferentes áreas e fazer contato diretamente com eles para conhecer melhor seus trabalhos.

Boas práticas para contratar freelancer

Na hora de contratar freelancer para seu projeto, assim como em qualquer outra contratação que fizer na empresa, seja de colaborador ou fornecedor, existem algumas práticas a serem seguidas.

É assim que você será capaz de entender se o profissional possui o perfil e a experiência para trabalhar com você. 

1.Definição do perfil

Antes de buscar freelancer para uma demanda, faça um levantamento claro sobre o perfil necessário. Isso diz respeito não apenas às habilidades, mas também à senioridade do profissional.

Avalie bem a necessidade e faça uma descrição do que é esperado do profissional a ser contratado, de forma que ficará mais fácil filtrar os candidatos. 

2. Análise de portfólio

Em geral, ao contratar freelancer, não olhamos para currículo, mas sim para portfólio.

Esse documento com amostras de trabalho pode chegar até você em diferentes formatos (site, apresentação em PDF, sites especializados). O mais importante, entretanto, é o conteúdo.

Analise as experiências anteriores para saber se o freelancer possui as habilidades e competências para atuar com você – como, por exemplo, trabalhos anteriores no mesmo setor ou realização de projetos similares.

3. Conversa e busca de referências

Por mais que seja uma demanda simples, sempre recomendo uma conversa por telefone ou videoconferência com o profissional antes de solicitar uma proposta. Essa interação além dos e-mails e mensagens é fundamental para observar o perfil e também para esclarecer todos os pontos sobre o trabalho.

Ainda, se o freelancer não vier por indicação, vale a pena pedir referências e conversar com elas sobre a experiência que tiveram. 

4. Assinatura de contrato

Assinar contrato de prestação de serviços é uma etapa que garante segurança tanto para você, quanto para o freelancer que está contratando.

Evite usar modelos prontos da internet e se possível, sempre conte com suporte especializado para deixar todos os termos claros. Neste tipo de contratação, é comum que o profissional freelancer inclua cláusulas relativas ao tempo para aprovação do trabalho e também o número de alterações inclusas.

Do seu lado, é importante deixar claro que não existe vínculo empregatício (lembrando também de não esperar que o freelancer seja como um funcionário da empresa). 

5. Gestão do projeto

Após o contrato assinado, é importante que ambas as partes cumpram suas responsabilidades conforme o acordado. Por isso, fazer uma gestão do projeto bem estruturada é fundamental – especialmente para a gestão de profissionais à distância

Nesse link, você encontra um modelo de quadro na ferramenta Trello que criei para gestão de projetos de Marketing. Espero que seja útil para você!

Um freelancer pode ajudar a impulsionar seu negócio

Contratar freelancer deixou de ser sinônimo de mão de obra barata e redução de custos – se você está buscando por isso, lembro que, como em qualquer prestação de serviço, o valor cobrado é proporcional à qualidade da entrega.

Espero que nesse artigo tenha conseguido responder suas dúvidas sobre contratação de um profissional especializado para seus projetos, mas, caso tenha restado algum ponto de interrogação, fique à vontade para me perguntar pelo contato do site! 

Luciane Costa

Luciane Costa

Formada em jornalismo e apaixonada por conteúdo digital. Virou freelancer porque precisava de uma grana extra e acabou descobrindo que adora trabalhar assim. Gaúcha e morando em São Paulo, é viciada em séries de detetives e adora cozinhar.
Luciane Costa

Luciane Costa

Formada em jornalismo e apaixonada por conteúdo digital. Virou freelancer porque precisava de uma grana extra e acabou descobrindo que adora trabalhar assim. Gaúcha e morando em São Paulo, é viciada em séries de detetives e adora cozinhar.

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM